0
Shares
Pinterest Google+

Apesar da aparência jurássica, o não tem agressivo, a não ser que se sinta ameaçado. “Aí pode até usar a cauda como um chicote, além de arranhar e morder”, alerta a bióloga Paola Antoniassi, de São Paulo.

A reação intempestiva virá se o bicho for manuseado de forma brusca. Crianças, portanto, não combinam com essas criaturas primitivas.

Importante: o réptil deve ser adquirido de um criadouro autorizado pelo . O órgão exige que ele venha com um microship cujo número de registro deve coincidir com o que consta em sua nota fiscal.

Em relação às doenças que os animais transmitem para o homem, o maior risco, no caso, é a , infecção por bactéria que provoca diarreia e vômitos. “Para o transtorno, mantenha o terrário limpo, lave as mãos depois de tocar no bicho e leve-o ao veterinário para livrá-lo de desnutrição, pneumonia, problemas de pele e estômago”, recomenda o especialista Roberto Fecchi.

petrede-iguana-beijando-meninoTudo de que um iguana precisa é um terrário ideal: com um bom sistema de aquecimento e luz ultravioleta. “Isso é importante para seu metabolismo funcionar direito”, justifica o veterinário Rodrigo Teixeira. Já a luz ultravioleta ajuda a fixar a vitamina D.

A umidade ideal deve estar entre 70% e 80%. Para controlá-la, compre um medidor. Se o dispositivo acusar que a umidade está abaixo do recomendável, borrife água no ambiente.

Quanto ao cardápio do réptil, é variado e pouco convencional. “Insetos – como tenébrio, grilo, barata – e até filhotes recém-nascidos de rato devem ser oferecidos duas vezes por semana, em dias alternados”, recomenda Teixeira.

Mas o iguana também pode se deleitar com uma ração específica, complementada com frutas, verduras, legumes, ovo ou carne, em dias alternados, acrescenta a veterinária Paola Antoniassi. O bichinho também gosta de rosas, mas nada de colhê-las no jardim. Só lhe dê para comer aquelas que são vendidas em lojas especializadas. Vale o mesmo para os insetos.

Ficha técnica
Nome científico: Iguana iguana
Nomes populares: Iguana, iguana-verde, camaleão, sinimbu
Origem: América do Sul. Vive em regiões variadas, desde as tropicais até as desérticas. É muito comum no México.
Tamanho: Pode chegar aos 2,50 metros, mas no Brasil não costuma ultrapassar 1,80
Coloração: Varia de verde-limão até marrom-acinzentado
Expectativa de vida: 15 anos

Anterior

Culpado? Donos podem influenciar na agressividade de seus animais

Próxima

Cachorro + bolinhas de sabão + bebê fofo = momento cuti cuti

  • Flavia

    Gente, iguana não come carne, não pode comer proteína animal.Não come insetos, muito menos ratos!!!Iguana é totalmente vegetariano.A única proteína que dou para o meu iguana é uma ou dois amendoins torrados uma vez por semana.Vocês recomendando alimentação à base de proteína animal para iguanas estão condenando os animais a morte.Um absurdo!