0
Shares
Pinterest Google+

Se fosse traduzido para o português, a palavra aardvark (o nome do estranho animal da foto acima), seria “-da-terra”.

Mas, apesar do achatado, esse bicho não faz parte da mesma família que os suínos.

Na verdade, esses animais encontrados nas savanas e no sul da são os únicos exemplares vivos de uma ordem de mamíferos e têm sua própria família, conhecida entre os cientistas como Orycteropodidae.

Gostam de comer insetos como formigas e são excelentes cavadores, o que os torna bastante parecidos com os .

Outra semelhança com os mamíferos brasileiros é sua língua pegajosa e comprida.

Essa dupla – mamãe e bebê – vive no Zoo Colchester, na . O filhote nasceu no último dia 7.

Trata-se do sexto filhote nascido no parque inglês, um dos mais bem-sucedidos na reprodução em cativeiro dessa espécie exótica.

Logo depois do parto, segundo informações do site oficial do zoo, a mamãe, chamada Oq, e o filhote aardvark foram separados do pai, Adela, e dos demais bichos da trupe.

É que os bebês aardvarks enxergam mal e, portanto, são muito desastrados.

Atualmente, os funcionários e também os visitantes do parque inglês podem assistir ao desenvolvimento do pequeno aardvark pela televisão.

Uma câmera, instalada na toca especial da dupla, está ligada ao circuito interno de TV de Colchester. É como se mamãe e bebê fizessem parte de um reality show.

Fonte: R7
Anterior

Empresários de pet shops agora podem contratar seguro especializado

Próxima

Ministério Público recomenda que cidades evitem sacrifício de cães