0
Shares
Pinterest Google+

onca-julyvet-1-petrede

A onça parda “Tonani”, atropelada na Rodovia Carlos Tonani, região de Jaboticabal, no interior de São Paulo, esteve na tarde desta quarta-feira (13 de julho) na Julyvet Clínica Veterinária, em Moema, para avaliação da cirurgia a que foi submetida há dois meses. Operada pelo médico veterinário Dr. José Roberto July, a onça parda apresentava fraturas no braço esquerdo e na perna direita e também possuía fragmentos de chumbo (correspondente a arma de fogo) na região do quadril. O animal teve o músculo religado para garantir o movimento da perna esquerda. Dr July também fechou os cortes e instalou uma placa com sete parafusos e pino no braço esquerdo da onça.

Nesta quarta-feira foi realizado um raio X para verificar se fratura estava consolidada. Com o resultado positivo, o Dr. José Roberto July iniciou o procedimento cirúrgico no membro toráxico esquerdo para retirada de um pino intramuscular do osso “Ulna” e de uma placa com sete parafusos do osso Rádio. O médico veterinário também aproveitou para verificar a lesão existente no coxal, que estava totalmente cicatrizada. “Fiz suturas intradérmicas para que a onça não precise retornar para retirar os pontos. Desta forma ela não precisa ser sedada e não passará para mais estresse”, explica José Roberto July.

Após este procedimento a onça parda retornou para a Associação Mata Ciliar (AMC), em Jundiaí, onde ficará em um ambiente apropriado para fazer exercícios e fortalecer sua musculatura. Ela deverá ser acompanhada durante um ano, quando então poderá ser devolvida à vida de selvagem. A onça vivia em um canavial na cidade de Jabuticabal e pode ter chegado à estrada onde foi atropelada fugindo de queimadas na região.

Anterior

Gato sobrevive a queda de 20 andares nos EUA

Próxima

Holanda instala faixa para passagem de vacas

  • Marta

    Que boa notícia!