0
Shares
Pinterest Google+

Ensinar a fazer as no lugar certo é uma das principais quando se adota um novo pet

Afinal, quem quer chegar em casa e encontrar aquela poça de no meio da cozinha ou em cima do da sala? E não adianta perder a e nem dar bronca depois do acontecido, o ideal é entender que o animal aprende através de associações e condicionamentos positivos.

“O primeiro passo para organizar a cabeça do cão é fazer com que ele entenda onde é o lugar certo para fazer as suas necessidades”, explica Jorge Morais, veterinário e fundador da rede de franquias Animal Place. “Há certos e instintos naturais dos caninos que vem nos ajudar. Normalmente eles não fazem xixi e onde dormem ou comem. O ideal é colocar as vasilhas de alimentação com certa distância do tapete higiênico e sempre é melhor fazer no tapetinho do que no chão. Escolha outro local só para o lazer, delimitando os espaços para cada uma das atividades”, completa.

Uma das do veterinário é criar horários de alimentação, pois o pet costuma fazer suas necessidades logo em seguida. Além disso, o indicado é ter paciência, já que o cão aprende por repetição (reflexo condicionado). Excesso de liberdade fará com que ele veja outros lugares da casa como “” e devemos evitar o uso da palavra “não” durante o aprendizado. “Eles precisam entender o processo através do reforço positivo.”

Jorge Morais ainda explica não ser aconselhável ter como único hábito o de levar o novo amigo para para fazer as necessidades fora do lar ao invés de ceder um espaço em casa. “Não é recomendado por causa da que é criada entre tutor e o cão. Imprevistos acontecem e o pet pode ficar segurando o xixi e cocô por muito tempo, em situações em que o tutor esteja impossibilitado de acompanhar (como em dias de chuva). Isso pode facilitar como, por exemplo, urinárias”, finaliza.

Sobre Animal Place
Criada em 1997 pelo veterinário Jorge Morais, a Animal Place é focada em cuidados para animais de estimação. A rede de franquias oferece a integração de serviços de hospital, veterinário, centro estético, hotel, loja e franquias, com soluções criativas e atraentes para os clientes. Todas as lojas disponibilizam espaços exclusivos para felinos e filhotes, em que os profissionais têm controle de ruídos e stress e baixo risco de contaminação. Mais informações: www.animalplace.com.br

Anterior

Você já ouviu falar em toxoplasmose?

Próxima

Regras de trânsito para o transporte de animais no carro