0
Shares
Pinterest Google+

Xampus, desembaraçantes, , mega hair e até . Não faltam opções quando o assunto é cuidados de e com os pets.

Mas em quais situações o uso desses é realmente indicado? A primeira é evitar usá-los em animais com predisposição a desenvolver .

”O ideal é usar itens neutros. Se não for possível, empregue com máxima cautela”, aconselha a médica veterinária Mirela Costa. ”Primeiro, é preciso avaliar a do ”. Alguns, segundo ela, são feitos sem critérios , o que implica testes . ”Só use produtos testados e aprovados.”

Segundo Graciela Fernandes Canesin, gerente do Cãobalhota, cada vez mais os clientes buscam novidades que deem um toque no look do animal. ”Atualmente, oferecemos o banho fashion, banho de cremes para desembaraçar o pelo, mega hair, piercings e adesivos coloridos.”

A agrônoma Fernanda Mastelaro Hayashi é exemplo de proprietária que frequenta pet shops. Ela tem dois cães: Maxi, de 11 anos, e Thaila, de 5 meses. ”A Thaila, por exemplo, gosto que use perfume, produto para limpar as lágrimas, xampu branqueador e creme desembaraçante.”

De acordo com Mirela Costa, embora pareçam meramente , alguns itens são realmente recomendados. ”Os cremes enxaguatórios, por exemplo, facilitam a lida com a pelagem dos animais. Eles desembaraçam os pelos e evitam que se quebrem”, explica.

Ela também alerta para a necessidade do em cães e gatos de pelagem clara ou com pelos muito baixos. ”Um animal com essas características deve evitar a exposição solar prolongada e, quando isso for inevitável, o uso do protetor é indispensável.”

O médico veterinário Mário Marcondes dos Santos concorda. ”Pouca gente sabe, mas os bichos também podem desenvolver câncer de pele”, diz.

Artigos específicos
”Os meus bebês estão na mesma escala de importância dos meus filhos”, define a professora Eliane Benatti sobre sua relação com seus yorkshires. Nino e Bono vão ao pet shop toda semana. Além disso ganham escova nos pelos toda noite e limpeza nos dentes antes de dormir.

Para Mário Santos, o uso de xampus é liberado, até porque alguns animais têm pelagem mais oleosa. Mas ressalta: ”o importante é sempre escolher um item veterinário. Jamais use um produto para humanos.” A primeira aplicação deve ser feita numa pequena área. ”Espere 24 horas para checar se houve alguma reação.” Os sinais de alergia são vermelhidão, coceira, espirro, coriza e inchaço nos olhos. Se um desses sintomas se manifestarem, o uso deve ser suspenso e o dono deve lavar a região afetada.

Quanto aos perfumes, a veterinária Mirela Costa faz ressalvas. “Não se pode ignorar a origem dos animais e tentar humanizá-los. Eu desaconselho o uso.”

Cosméticos para pets exigem cuidados foi modificado pela última vez: agosto 19th, 2016 por Alexandre Domingues
Anterior

Cortar pelo de cachorro não é brincadeira

Próxima

Xampu para cães: saiba escolher o produto ideal para seu pet

  • Buffet em Santos

    Nossa, que achado aqui!! venho o seguindo mensalmente a 1 mês e estou impressionado. Por favor não pare com o bom trabalho e artigos, eles são ótimos! Hoje em dia não encontramos mais isso!! obrigada!!

  • Davi

    Quando não existia essas frescuradas de monte de produtos os cachorros viviam muito bem!