0
Shares
Pinterest Google+

Pioneira na fabricação de alimentos Super Premium para cães e gatos no Brasil, a (www.premierpet.com.br) comercializa seus em canais especializados –pet shops e clínicas veterinárias– de todo o país. Diante do desafio de ampliar vendas e aperfeiçoar processos para se destacar num cada vez mais competitivo, a empresa aposta na aplicação do Geomarketing. O conceito é tido como “a bola da vez” na área de planejamento estratégico de vários segmentos de negócios, com destaque para o varejo.

A aplicação do Geomarketing inclui a visualização de dados tabulares em forma de mapas cartográficos, por meio da utilização de softwares específicos e bases de dados diversas, tornando as informações mais dinâmicas e aumentando a eficiência e a rapidez das análises. “Fazemos, assim, o mapeamento, a manutenção e a atualização de nossa base de pontos de venda. Visualizamos geograficamente os PDVs ativos, os locais para prospecção e as áreas menos atendidas”, explica Alex Fukunari, gerente de Inteligência de mercado da PremieR pet.

Segundo o executivo, o uso de cartográficas é uma forma de validação de dados quantitativos. “O Geomarketing conduz a novos parâmetros de análise, transformando as análises quantitativas em planilhas para análises qualitativas nos mapas, dinamizando a interpretação das informações”, esclarece. Sem contar que a documentação digital pode ser facilmente disponibilizada para todos os departamentos da empresa, auxiliando o alinhamento interno de informações.

Os resultados práticos no negócio são rapidamente visíveis, segundo Fukunari: maior agilidade na gestão das áreas de distribuição dos produtos; otimização dos recursos humanos, focando ações nas áreas identificadas pelo sistema como de alto potencial e estudos para a inclusão de produtos em novos PDVs de acordo com o perfil sociodemográfico em que estão inseridos.

“Sabemos que nesse mercado extremamente competitivo, a integração dos dados quantitativos com informações geográficas é fundamental para identificação dos alvos a serem atingidos. Estamos bem amparados no Geomarketing, que nos auxilia nas escolhas de nossas ações”, finaliza.

Anterior

Donos sofrem com doenças graves de seus animais

Próxima

Veterinários de Belém mostram-se preocupados com a leishmaniose