0
Shares
Pinterest Google+

– “Ainda que não existam estatísticas precisas sobre o de animais domésticos em Portugal, estima-se que todos os anos mais dez mil animais sejam rejeitados pelos seus donos e que o número aproximado de cães e gatos sem dono ronde os 500 mil”, afirmou a presidente da União Zoófila, Luísa Barroso, que disse ainda que o + Cats “ajuda a tomar consciência da responsabilidade associada à posse de um animal doméstico”, uma vez que obriga aos gamers a alimentarem, levarem a passear, darem banho, ensinarem ou mimarem o seu animal de estimação.

Segundo Luísa Barroso, “a maior parte das pessoas não está preparada para o compromisso que implica ter um animal doméstico”, algo que poderá ser solucionado com o Nintendogs + Cats, “que não ocupa espaço, não requer gastos de manutenção, pode estar sempre consigo – até nos restaurantes, quartos e quando vai de férias para o estrangeiro”, lê-se num comunicado da Nintendo, que acredita que o jogo “é uma excelente forma de testar se as crianças são suficientemente responsáveis para “dar o salto” para um animal de estimação real”.

Nintendogs + Cats em 3D está todo ele em português e, pela primeira vez, a câmara interior reconhece o rosto do utilizador, “pelo que vai poder contar sempre com uma recepção carinhosa quando chegar a casa”, salienta a empresa nipônica.

União Zoófila recomenda o jogo Nintendogs + Cats foi modificado pela última vez: julho 11th, 2014 por Alexandre Domingues
Anterior

Centro Municipal de Educação Especial inicia terapia com gato

Próxima

Criança é hospitalizada após sumiço de cachorro no Ironbound