0
Shares
Pinterest Google+

da Hill´s Pet Nutrition destaca os para que a iniciativa seja para o pet e seu dono. O resultado é todo mundo em forma e feliz

Praticar físicos, todo mundo sabe, faz bem para a . E se essa prática for realizada junto com o cão de estimação, os são ainda maiores. Para garantir a saudável, o veterinário André Leite, da Hill´s Pet Nutrition, destaca alguns cuidados fundamentais na hora de participar de uma ou mesmo nas caminhadas diárias ou passeios semanais no parque. De acordo com André, antes de incentivar seu cachorro a praticar atividades é importante verificar três pontos:

em dia: o cachorro deve passar por uma consulta e ter os clínicos, laboratoriais e ortopédicos em dia. O médico veterinário poderá examinar a saúde do animal, certificando que o mesmo não tem nenhum problema de insuficiência renal, cardiopatia, diabetes ou artrite, por exemplo.

– Peso ideal: o animal deve fazer também uma avaliação física, conhecida como escore de condição corporal (ECC), em que o veterinário avalia o cachorro a partir de um sistema de medida que varia de 1 (magreza extrema) ao 9 (obesidade). Avaliar só o peso do animal isoladamente não é suficiente, o veterinário precisa levar em consideração altura, porte, gordura, músculos ou líquidos corpóreos acumulados, para se chegar em uma avaliação adequada.

– Acompanhamento nutricional: A alimentação dos cães deve ser adequada de acordo com a idade, porte e necessidades do animal, ainda mais quando o mesmo é incentivado a praticar exercícios físicos frequentes. Para que a prática seja saudável, é importante analisar se o pet não sofre de algum distúrbio nutricional, sendo os mais comuns a desnutrição e a obesidade canina. Ambos causam modificações sérias na fisiologia do organismo. Por isso, uma alimentação balanceada é fundamental.

Hills-Pet-Nutrition-praticar-atividades-físicas-petrede

“Durante a prática de atividades, o dono deve ficar atento a hidratação do seu cachorro, além de evitar sair, mesmo que seja para caminhar, quando o dia estiver muito quente. Após os exercícios, o animal que estiver com a saúde em dia, deve receber uma suplementação adequada para repor o gasto de energia e a quantidade de proteína necessária para recuperação de músculos e tecidos”, explica o veterinário da Hill´s Pet Nutrition.

A Hill´s Pet Nutrtion mantém uma linha de ração Premium dedicada aos cuidados terapêuticos de cães e gatos. Mais informações em: http://www.hillspet.com.br/

Sobre a Hill´s Pets Nutrition
A Hill’s Pet Nutrition dá seguimento à tradição em cuidados com os animais iniciada em 1939 por um veterinário notável. Nossos alimentos Prescription Diet™ e Science Diet™ oferecem a mais alta qualidade em nutrição para cães e gatos que existe. Estamos fazendo diferença na vida das pessoas e de seus animais no mundo inteiro.

As linhas de alimentos da Hill’s™ surgiram em 1939. O Dr. Mark L. Morris Sr. acreditava que certas doenças de animais de companhia poderiam ser tratadas por meio de uma nutrição cuidadosamente elaborada. Suas ideias foram visionárias na medicina veterinária, e ele logo pode comprovar sua teoria.

Um jovem cego, chamado Morris Frank, perguntou ao Dr. Morris se alguma coisa poderia ser feita para ajudar seu cão-guia, Buddy, que estava com alterações renais. O resultado do esforço do Dr. Morris foi a formulação nutricional do que viria a ser o primeiro produto terapêutico da linha Hill’s Prescription Diet e o primeiro alimento de animais de companhia no mundo desenvolvido para a saúde renal. Pouco tempo depois, a Hill’s Pet Nutrition foi fundada e o campo da nutrição terapêutica ganhou vida. Aquele primeiro alimento terapêutico evoluiu para Hill’s™ Prescription Diet™ k/d™, que é vendido até hoje.

Anterior

A importância da castração de cães

Próxima

Clínica veterinária oferece serviço de internação com acompanhante